Síndrome de Burnout

Microfisioterapia x Lombalgias
25 de agosto de 2017
A Microfisioterapia era o que eu buscava
18 de setembro de 2018

Síndrome de Burnout

 

Conheça um pouco mais sobre essa Síndrome que já atinge 30% dos profissionais brasileiros. A Microfisioterapia pode atuar em muitos de seus sintomas.

Você já sentiu como se estivesse sendo “sugado” pelo trabalho, quase que literalmente, já que suas energias se esgotaram e a fadiga física, emocional e cognitiva estão sempre presentes? Essa sensação pode ser um indício da Síndrome de Burnout e, principalmente, de que é preciso rever as prioridades.

A Síndrome de Burnout também conhecida como “Síndrome do Esgotamento”, pode ser dividida em três grandes grupos de sintomas que a caracterizam: exaustão, alienação de atividades relacionadas ao trabalho e desempenho reduzido. Além disso, outros sintomas presentes no Burnout são esgotamento emocional, desânimo, cansaço, ausência de energia, distanciamento do interesse por atividades cotidianas, assim como sintomas físicos, que incluem dor de cabeça e problemas intestinais ou de estômago.

É verdade que precisamos trabalhar, pagar contas e ter a sensação de ser produtivo. Mas, quando deixamos de lado a vida pessoal e nos dedicamos apenas à vida profissional (e, dessa forma, nos desgastamos), invariavelmente, ocorrerá um desequilíbrio. Lembrem-se, o equilíbrio entre corpo-mente-espírito é um dos 4 pilares para uma vida saudável, e se você realmente quer “escolher ser feliz” precisa procurar equilibrar todas as áreas de sua vida, inclusive o trabalho!
Por isso, procure equilibrar sua alimentação com comidas leves, ricas em nutrientes, que trabalhem em favor do seu intestino (considerado seu segundo cérebro). Pratique atividades físicas, que auxiliam na redução da carga de estresse, tenha um sono tranquilo e não leve trabalho pra cama.

Além disso, a Microfisioterapia também pode te ajudar, com efeitos benéficos sobre muitos desses sintomas! Agende sua sessão.

“Cada momento de sua vida fica registrado no seu corpo. Problemas de saúde podem estar relacionados com estes registros.
Conheça os sinais do seu corpo.”

Graciela Petermann